Sofredor como vcs

NAO DESISTO mas so quero desabafar

gente sou jovem 16 anos e tem tantas coisas acontecendo ao mesmo tempo e eu nao sei mais oq fazer ate q pesquisei esse site, Gente nao aguento mais as pessoas sendo ignorantes julgando pela aparencia como ainda estudo eu sempre vejo o desonesto nas provas e trabalhos. A vida parece injusta voltando aos problemas meus eu tinha ansiedade e sentia muitas tonturas ainda sinto um pouco isso cansa. Minha familia esta dividida em duas partes crente e perdida meus avos e pai crentes minha mae desviada eu sou obrigado a passar por provas diariamente minha mae por mais q nao perceba ela deixa o inimigo usar ela para falar besteira o meu padrasto so fala merda e um louco ele acha que pq alm ja fez 15 anos sempre uma prima minha ela ja pensa so em sexo isso eh chato tudo isso e muito mais coisas como ansiedade estresse tristezas decepções tem atrapalhado muito minhas noites de sono eu nao durmo direito acordo com medo eu realmente ja estou buscando psicologo eu estou buscando Deus mas gente ta muito dificil muito mesmo as vezes eu sento sozinho e so penso em chorar chorar e chorar sempre as vzs eu abaixo a cabeça em casa e fico triste mais meu irmao e meu pai sao as principais pessoas que eu confio e amo e por eles eu to aqui eles me inspiram Deus esta comigo eu sei disso e quero dizer NAO DESISTAM nao sao so vcs que possuem problemas

2 Respostas

Pereira

Eu entendo completamente a sua situação. Muito obrigado pela sua sinceridade, é encorajador. Vou colocar uma reflexão abaixo que creio que pode te ajudar:

OS 7 BONS FRUTOS DO NOSSO SOFRIMENTO:

1) O sofrimento mostra nossa fraqueza, demonstrando o poder de Cristo em nós.

Mas ele me disse: “Minha graça é suficiente para você, pois o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza”. Portanto, eu me gloriarei ainda mais alegremente em minhas fraquezas, para que o poder de Cristo repouse em mim. Por isso, por amor de Cristo, regozijo-me nas fraquezas, nos insultos, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias. Pois, quando sou fraco é que sou forte. (2 Coríntios 12.9-10)

2) O sofrimento nos ensina a confiar em Deus e não em nossa capacidade.

Irmãos, não queremos que vocês desconheçam as tribulações que sofremos na província da Ásia, as quais foram muito além da nossa capacidade de suportar, ao ponto de perdermos a esperança da própria vida. De fato, já tínhamos sobre nós a sentença de morte, para que não confiássemos em nós mesmos, mas em Deus, que ressuscita os mortos. (2 Coríntios 1.8-9)

3) O sofrimento atesta a legitimidade da nossa fé.

Nisso vocês exultam, ainda que agora, por um pouco de tempo, devam ser entristecidos por todo tipo de provação. Assim acontece para que fique comprovado que a fé que vocês têm, muito mais valiosa do que o ouro que perece, mesmo que refinado pelo fogo, é genuína e resultará em louvor, glória e honra, quando Jesus Cristo for revelado. (1 Pedro 1.6-7)

4) O sofrimento nos coloca no caminho da justiça.

Suportem as dificuldades, recebendo-as como disciplina; Deus os trata como filhos. Ora, qual o filho que não é disciplinado por seu pai? […] Nenhuma disciplina parece ser motivo de alegria no momento, mas sim de tristeza. Mais tarde, porém, produz fruto de justiça e paz para aqueles que por ela foram exercitados. (Hebreus 12.7,11)

Não só isso, mas também nos gloriamos nas tribulações, porque sabemos que a tribulação produz resiliência; a resiliência, um caráter aprovado; e o caráter aprovado, esperança. (Romanos 5.3-4)

Meus irmãos, considerem motivo de grande alegria o fato de passarem por diversas provações, pois vocês sabem que a prova da sua fé produz resiliência. (Tiago 1.2-3)

5) O sofrimento nos faz valorizar e esperar pelo que é eterno.

Pois os nossos sofrimentos leves e momentâneos estão produzindo para nós uma glória eterna que pesa mais do que todos eles. Assim, fixamos os olhos, não naquilo que se vê, mas no que não se vê, pois o que se vê é transitório, mas o que não se vê é eterno. (2 Coríntios 4.17-18)

6) O sofrimento nos traz recompensas celestiais. O trecho de 2 Coríntios 4.17 (usado acima) também se encaixa aqui.

… para que também participemos da sua glória. Considero que os nossos sofrimentos atuais não podem ser comparados com a glória que em nós será revelada. (Romanos 8.17-18)

7) O sofrimento nos dá a habilidade de confortar e encorajar outros que estão sofrendo. Nós sofremos e Deus nos conforta, e essa nossa experiência nos permite confortar outros.

… Pai das misericórdias e Deus de toda consolação, que nos consola em todas as nossas tribulações, para que, com a consolação que recebemos de Deus possamos consolar os que estão passando por tribulações. (2 Coríntios 1.3-4)

Tenho certeza que essa lista não está completa. Você é capaz de pensar em outros bons propósitos que surgem do nosso sofrimento, conforme ensinados na Bíblia?

Deus te abençoe irmão :--)

Coração

Boa noite, tbm tenho 16 anos, e sou cristã, tbm já passei por diversas situações q eu não precisava ter passado, assim como vc falou da sua mãe acontece comigo, porém com meu pai,me indentifiquei com tua história... Não vou contar sobre minha vida p/ não ficar tão grande, mas eu queria te dizer que tds sofremos, e lindo é vc reconhecer que Deus está aí para o que der e vier, sei que é um app anônimo, mas se possível gostaria de poder conversar com vc, mas se não quiser eu entendo, vou deixar um versículo, creio que tds precisamos guardalo para vida.... João 14:6
"Jesus é o caminho a verdade e a vida, ninguém vai ao pai senão por Jesus"
Tenha uma boa noite, abraço... Deus abençoe

Responder