Voltar
Olga

Protesto

Meu desabafo é mais um protesto.
Tenho 61 anos e sou viúva. Na realidade meu casamento já tinha acabado e estávamos só esperando os filhos saírem de casa para nos separar, mas aí meu marido teve um AVC e fiquei cuidando dele por longos 5 anos até que faleceu há 4 anos. Tentei, então, partir para novos relacionamentos. Apesar da idade, adoro sexo, sempre gostei muito e detesto ficar sozinha. Não quero casar de novo, mas quero um companheiro para sermos felizes juntos. Foi aí que tive uma desagradável surpresa. Descobri que todos os homens da minha idade ou são casados, ou são impotentes ou são gays, Parece brincadeira, mas é verdade. Conhecia um cara, começamos a conversar e aí vem com aquele papo de que é separado. Aí pergunto se mora sozinho e ele responde que ainda mora junto, mas dorme em quartos separados e não demora para admitir que na realidade é casado. E isso não foi uma vez só não. Foram várias vezes. Quando não é isso, é o homem que começa a adiar a ida ao motel. Não sou de ficar amassando em carro, drive-in, cinema ou seja lá onde for. Isto é para adolescente e já passei desta fase. Depois que conversamos e nos conhecemos quero partir para uma intimidade maior. Aí o cara fica adiando. Nunca pode e fica enfatizando que é muito carinhoso e tal. Logo logo ele acaba admitindo que não consegue ter ereções. O problema é que tive em casa por 5 anos um marido assim e não quero repetir a dose, certo? Finalmente, tem o terceiro tipo. Geralmente o homem tem boa aparência, se veste bem, está sempre cheiroso, é solteiro, está sempre disposto e até ansioso para ter relações, mas aí vem com aquele papo de que quando era adolescente teve uma experiência homossexual. Tá, eu também tive, mas foi uma só na fase das “experimentações”. E quando pergunto se foi só uma vez, enrola, diz que foram “umas vezes” e quando pergunto se foi somente na adolescência aí é que enrola mesmo, tergiversa e se pressionar mais um pouquinho acaba confessando que gosta e transa com homens tanto quanto mulheres. Aí não dá, né? Pelo menos para mim não dá. E olha, são vários assim. Não foi uma vez só não.
Assim, deixo aqui meu desabafo protesto. Quem sabe algum homem de verdade o lê e me procura???

4 Respostas
  • Bom dia.

    Vamos lá, e um pouco complicado sua situação, em diferentes aspectos. vamos destrinchar isso e espero que compreenda o que falo (porque eu mesmo não consegui kkk).

    Vamos começar pela parte que consigo falar com mais certeza, a homossexualidade da alta idade, homens são preconceituosos, pessoalmente acima de 40 anos, tanto que a sociedade e os outros "homens" aceita um homossexual mais não aceita um bissexual. não é errado você não curtir homens que seja bi, porém entenda que acima dos 40 bissexuais são tão oprimidos quanto homossexuais.

    Ereções; Se me recordo bem, após os 60 anos o homem tem dificuldade de manter ereção, isso é comum (tirando todos os fatores que leva a isso), exigir que o cara tenha desempenho sexual dessa idade e um pouco egoísta (desculpe dizer isso), porem existe formas alternativas para contorna isso, só seja compreensiva em relação a parte do seu parceiro.

    Casamento; Homem de todas as idades e oportunista, pessoalmente se vê um casamento falido, quando se é novo, desistir de tudo e começar do zero e fácil, porem mas a frente, desistir de tudo e um preço muito alto a pagar, então prefere fazer de uma forma que pode manter ambas as escolhas (viver um casamento e um caso) do que desistir do casamento e ir para uma nova parceira, um exemplo foi o seu casamento que vocês optaram em tentar manter ele até a criança atingir uma maior idade.

    Minha reflexão: ao meu ver tem 2 caminhos a seguir, tentar compreender melhor "o seu parceiro" achar uma forma que agrade ambas as partes e relevar muita coisa (muita coisa mesmo) OU optar por "Sugar Mommy" (dependendo da sua vida financeira e profissional).

  • ninguém,
    não gostei muito de alguns pontos de seu comentário, porém sabe que já pensei nesse negócio de "sugar mommy", se é que eu entendo direito o que isto quer dizer. É uma mulher mais velho com um garoto, né? Tenho uma amiga que vive o mesmo que eu e há ano e meio está com um garoto de 22. Ela diz que está adorando, mas é mais só a parte sexual. Não dá para apresentar como namorado nem sair, passear, etc. Eles se encontram as vezes ate na casa dela, transam muito. Garotos dessa idade querem toda hora. Mas não rola esse lance de pagar ou sustentar. Muito pelo contrário, é o garoto que paga o motel, segundo ela.
    Será que seria uma boa?
    Ela diz que por aí está cheio de garotos doidos para transar com mulheres bem mais velhas que não engravidam, não têm de passear de mãos dados no shopping (no máximo vão a um restaurante) e com quem quem não têm gastar dinheiro com presentes caros.

  • Então Olga, desculpe se não gostou de alguns comentários meu, só tentei ser o mais sincero possível, em relação ao Sugar Monny, é isso mesmo que sua amiga está vivendo, tem casos a parte que se envolve em relacionamento e tals, porem quase todos são de só ter relação amorosa.

  • Oi Olga. Gostei do seu desabafo, está bem escrito. Que bom que tem esta idade mas ainda está lúcida, forte e tem uma mente moderna e se sente saudável para ter um companheiro com quem viver e aproveitar tudo de bom que a vida oferece. Só posso lhe desejar sorte. Parece que está com dificuldade para arranjar o companheiro ideal. Mas acredito que quem espera sempre alcança, e você merece, por tudo que passou, ainda aproveitar o que de bom a vida tem. Boa sorte e felicidades ! :)

  • Dica: Para mencionar um usuário neste post utilize @NomeUsuario (sem espaços)
    Faça login ou crie uma conta para comentar
PUBLICIDADE