Princess

Indecisão

Eu Tenho um namorado eu o amo disso não tenho dúvidas, mas recentemente eu reencontrei meu ex de 3 anos atrás voltamos a nos falar disse qué seríamos amigos e assim foi, sempre que dá nos vemos mas no nosso último encontro ele me beijou e eu não parei, eu quis, eu gostei e queria mais.
Desde que eu terminei com ele, ele nunca saiu da minha cabeça mesmo depois de 3 longos anos e quando nos encontramos pela primeira vez depois de todos esses anos foi como se nada tivesse mudado, inclusive meu tesão por ele e ele por mim, eu não queria ter continuado o beijo mas foi mais forte do que eu.
Eu sei que é errado mas aconteceu e eu me sinto muito mal por ter feito isso e por querer de novo...
Eu me sinto culpada por ter traído meu namorado e por não conseguir tirar esses pensamento da cabeça...

4 Respostas

Lucyn

Mano, o certo a se fazer agora é terminar com o seu namorado, e não adianta se arrepender pois já fez o que tinha de fazer, talvez vc ainda ama o seu ex, o que vc fez foi errado, não estou te julgando mas essa é a realidade, pq vc não volta com o seu ex ? Bom, como eu disse não há mais tempo pra se arrepender, e tipo, nada acontece por acaso mano, talvez isso tinha que acontecer mesmo pra vc aprender alguma coisa, pra vc ver, entender, compreender algo. Bom é isso pow, faça a coisa certa.

Lukas

Eu acho justíssima essa crise de consciência. Convenhamos, vc busca incentivo e aprovação para trair - alguém que diga "não há sentimento, só tesão".

Acho que quem trai não ama o namorado, bem como quem continua pensando em trair. Toma vergonha, moça, e se quer liberdade pra fazer o que quer que seja com qualquer um que esteja solteira.

Wizard

Moça não aceite ser julgada por estes dois homens e sua postura machista de posse e submissão da mulher. Veja que o ser humano conforme Freud e muitos pré-socráticos já haviam percebido, não possui o mesmo objeto de interesse para toda uma vida. O amor existe, mas a própria natureza sublime deste sentimento o carrega fatalmente para a sublimação, de modo que ele passa a não mais acompanhar os desejos físicos sexuais daquilo que chamamos de paixão. É possível e comum que você ame seu atual mas tenha tesao no ex ou no vizinho, por exemplo. Mas no plano ético e moral, para além da questão física ou da questão de posse de um sobre o outro do modelo de relacionamento que é o namoro ou casamento, temos que não é certo enganar. Assim, provavelmente seu namorado atual não lhe daria o que ele te da (afeto, presentes, o corpo etc) se soubesse de seu interesse por outro. Portanto, não vejo que você tenha errado, mas errara se escolher tomar para si, numa lógica de uso como objeto, os dois. Um não se importará, com certeza, pois na lógica de uso ele se sentirá confortável (o ex), mas o outro não aceitaria se soubesse e força.lo através do engano é errado. Portanto, não lute contra sua natureza, nem ache que é errado. Mas eticamente, escolha. Ou se achar que é possível, abra o jogo e tente ficar com os dois, embora na lógica machista de posse sobre fêmeas e imposição de território dos homens, isso seja bem difícil se ser aceito.

manuela

Gostou da abordagem do beijoqueirinho e queria mais apesar de ser comprometida. Seja mulher na sua vida, deixe do seu namorado e tenha 'o mais' que queria desse ex. Vai ver como as culpinhas e o tesão recolhido desaparecem como por encanto!

Responder