RR

Laços rompidos

Por favor me digam...
Por que às vezes temos que romper laços? Ou mesmo, sentirmo-nos forçados a fazê-lo? Pensar no que poderia ser daquele laço se tivesse sido cultivado além dl que foi, e nao tivesse interrompido...
Tem que ser assim mesmo? Existe um laço tão forte em mim com uma pessoa, mas que rompemos, por razões muito fortes, mas hoje eu ouvi isso, ouvi que "laços são como arvores que levam centenas de anos para crescer, que você rega e rega, e que se cortar, nunca mais serão as mesmas, você nunca saberá o que aconteceria com aquela árvore".
Isso me fez chorar. Eu estou sendo muito fatalista? Muito imediatista? Quase todos os laços bons que eu tinha eu cortei por algum motivo. Mas tem um em especial que eu realmente queria saber quais seriam os frutos. Eu cortei este também. E hoje sinto que nunca mais poderá se reavê-lo.
Estou cansado desse negócio de procurar, prpcurar e não achar nada, ou ficar estagnado esperando cair do céu... a vida está passando...
Eu queriA ter tidp essa chance de cultivar esse laço por toda uma vida. Ter aquela pessoa perto de mim, poder confiar e receber confiança em troca. Como eu amo essa pessoa, a perdoaria pelos seus erros, se ela assim pedisse e hpuvesse sinceridade.
Me digam, tem que ser tudo assim? Tão fatalista? Sera que perdoar esta pessoa é mesmo fraqueza? O que é?
Ela não pediu perdão, claro. Nao sei bem dizer. Apenas penso no passado, em algo tão bonito que existiu e nao existe mais. Estpu triste. Muito desolado mesmo. Não sei por que. Tive facilidade de aceitar as coisas como são, mas neste caso estou em dúvida de como elas de fato são, ou se são apenas devaneios meus...
Este amor as vzs é libertador, pois sou grato de poder amar tanto alguem na vida, e a melhor lembrança que tenho, mas é as vzs tambem aprisionador, pois me coloca em um futuro do passado que nao existe.

3 Respostas

nana

Sinto que podemos romper laços por uma questão de necessidade. Segurar pode doer mais que simplesmente deixar ir. É um ato nobre, porém complicado. Mas, pra mim, o que transforma esse romper em algo ruim, o maior vilão, sempre é a dúvida excessiva que alimentamos: Somos bons o suficiente? Vale a pena manter o contato, cultivar os laços?
Antes de visualizar a situação pela vida a dois, temos que voltar o olhar pra nós mesmos. Somos capaz es de crescer para além das nossas próprias inseguranças? De descobrir algo real em nós que nos faça decidir com convicção se devemos nos mover ou manter parados?
Perdoar é fraqueza? Acho que, mais do que ser fraco ou forte, certo ou errado, é - muitas vezes - uma necessidade. Talvez, perdoando a ela, seja capaz de perdoar a si mesmo.
Penso que algumas coisas devem mudar para que outras permanecem as mesmas em essência. Então, que significado estas mudanças trouxeram pra você?
Passo por uma situação parecida. Entendo como se sente, e gostaria de poder ajudar mais. Gostaria de ter as palavras certas... Mas só tenho essas, as minhas - que trazem tantos questionamentos quanto as suas, no desejo de que você se encontre e descobra os motivos por trás das suas novas atitudes. Espero que isto te traga mais alguma turbulência para que, após ela, você experimente o melhor da calmaria.
Amar alguém é uma dádiva tanto quanto um martírio.

RR

Obrigado pela sua resposta. Muito bonita.

manuela

''Por que às vezes temos que romper laços?''
Inumeras possibilidades. A mais 'chão' seria dizer que todas as coisas têm começo, meio e fim. Uma outra seria que não é que rompa, mas que apenas modifica os laços.

Responder