Anonimo(a)

inútil

Porque me sinto tão inútil? Eu já comecei a procurar emprego e até passei a cobrar pelos desenhos... Mas ainda assim, me sinto inútil... Não sei o que acontece... As vezes estou eufórico(a), muito feliz e então, de repente tudo desaba... Como se meu humor fosse um castelo de cartas... Frágil.
Um vazio toma conta de mim e a tristeza me atropela de uma forma tão brusca, que não consigo levantar... O pior é que não falo com meus pais... Eu nunca digo o que sinto. Tenho medo de não ser levado(a) a sério...Não sei o que está havendo... Estou assustado(a) comigo mesmo(a)...

Continuar Lendo

Santos

Minha vida

Cresci com pai e mae alcoolatras. Presenciei agressoes, gritos, sangue, lagrimas... Tudo isso me causou bastante ansiedade. Meus pais nunca cuidaram de mim, dormi em casa de uma vizinha. Nunca tive liberdade para sair, conhecer pessoas... Meu irmao me forcou a ter sexo, nunca contei aos meus pais, pois nunca me compreenderam.. Desisti da escola, e fui trabalhando, e por vezes nem recebia o pagamento. Mais tarde conheci um homem, decidi juntar me com ele para melhorar de vida, engravidei... O certo e que hoje vivo com os meus pais, meu companheiro e meu filho. Nao tenho trabalho, nao tenho dinheiro, e meu marido nao quer arranjar casa para nos. Nao me dou bem com a minha mae, pois ela mete se em tudo na minha vida, esta sempre contra mim, roga me pragas, que nao hei de conseguir casa, que nao hei de sair daqui etc... Por vezes penso que ela nao gosta de mim. O meu companheiro nao quer saber, pois passa o dia inteiro ate as 10h30 11h00 da noite a trabalhar. Nao sei que fazer, por vezes tenho vontade de desaparecer, sinto me mal amada por todos, nao tenho amigos, nao tenho com quem falar, nao tenho com quem sair... Sinto me sozinha. Por favor alguem me pode dar uma opiniao? Sinto me perdida, no fundo de um poço sem saida.

Continuar Lendo

lali

Me ajudem , oque eu devo fazer?

eu namorei com um cara por um bom tempo agente largou faiz 9 mes,só que nos encontravamos de vez enquanto , ele bebia demais ele largou por causa de mim só que dps separamos ele volto a beber, eu nunca fui de beber muito mais quando bebo eu exagero e foi o aconteçeu. teve uma festa fui e bebi e exagerei fiquei com um cara só isso que fiz de mais e as pessoas agr estão falando coisas q nao fiz. o amigo do renato(meu ex) chegou nele e disse que eu tava igual uma pu... lá na boate que passei o rodo , q tava quase pelada e um monte de mentiras e meu ex que eu ainda gosto acreditou nele e disse que estava mt triste comigo que eu agi igual puta mesmo e q não mereço o respeito dele enfim é isso. oque devo fazer? ele nem conversar comigo ele quer mais.

Continuar Lendo

marolha87

Drama do tcc infinito.

Estou fazendo o tcc da faculdade de novo (5a,6a vez, já perdi a conta), tenho de me formar nesse ou no próximo semestre ou serei jubilada. Estou indo na psicóloga faz 2 meses e não mudei nem um pouco, só tenho mais algumas certezas, que estou fazendo um curso que eu não quis, vivo uma vida que só faço o que os outros querem e sou uma acomodada. E que não termino o tcc pois se terminasse teria de decidir por mim o que fazer ou medo desse momento. O que não concordo pois eu sei que ia cair e chorar de joelhos por finalmente estar livre quando terminar. Mas eu odeio, congelo na hora de fazer o tcc. Mas preciso fazer. Já tenho alguma coisa feita. Nos dias que me sinto menos mal faço algo do tcc, com muito custo, chorando de raiva e demoro dias para fazer algo que poderia ser feito em uma tarde. MAS EU DEVO FAZER e fico me contorcendo por isso e muita coisa que gostava de fazer não faço direito pensando que deveria estar estudando. Como se todos estivessem me observando e sabem que eu deveria estar fazendo o tcc.
Moro com um namorado que é a única coisa boa e a desgraçada da mãe dele, não consigo olhar para minha família de vergonha de mim mesma, embora fale com eles. Meu namorado não deu perspectivas de que um dia vamos morar só nós dois, já eu penso que queria um trabalho e mesmo morando numa biboca ia ser melhor, por morar no meu canto. Não quero voltar para casa dos meus pais, lá eu definho, fico estagnada.
Sonho com fugir para outra cidade e come...

Continuar Lendo

Creep

Solidão

Tenho 17 anos, sou diabética e estou morando com uma tia que descobri recentemente para tratar da doença. Entretanto não gosto de ficar na casa dela e minha mãe e meus irmãos não gostam de mim então não dá pra eu ficar na minha própria casa. Eu não sei o que faço, eu me sinto perdida, não tenho amigos e minha vida é ficar presa em uma porcaria de quarto comendo o dia inteiro. Eu amo estudar mas nem vontade de sair tenho mais, sinto que estou sempre incomodando. Eu sou uma pessoa com um caráter horrível e eu queria do fundo do meu coração gostar pelo menos um pouco de mim mesma mas nem isso consigo. Eu quero muito mudar de vida mas a cada tentativa há também uma frustração, um sentimento de fracasso, Eu não quero que ninguém tenha dó de mim ou pense que eu esteja me fazendo de coitada. Pelo contrário, eu só quero uma ajuda, uma motivação porque eu não estou aguentando mais.
Eu tô perdidassa nessa merda toda.

Continuar Lendo

Becca

Minha família

O meu mundo explodiu, se quebrou e meu coração virou uma pedra que n~´ao sente amor, mas ainda sinto os chutes que recebo! sou uma poeira pelo menos sirvo para ser pisada, cada vez que ela for golpeada pela sua ignorância , se eu pudesse não nasceria, assim ela seria feliz! Eu nunca quis destruí-la, ela é tão perfeita eu sou horrível... Amo alguém que me ama e isso assusta ela, ela não acha que eu tenho capacidade de ser amada, ela quer que eu sacrifique-me ainda mais... Eu não existo, nunca existi sou um fantasma, o passado que atrapalha o seu futuro, sou o resto de um vagabundo! Sou uma zumbi, querem me isolar pois posso transmitir essa doença, só queria merecer o amor dela não ser ignorada por me expressar, não ser espancada por me pronunciar, por pedir ajuda! Eu não tenho culpa da minha irmã não ter voltado... Eu amo tanto minha mãe no entanto não consigo ser quem ela quer! Me sinto perdida em meio a cacos de gelo, imaginando que eu nunca imaginei que meu final seria congelada na solidão! NÃO quero morrer sendo uma covarde. Me ajudem, o que eu faço?

Continuar Lendo

Dorian

Cansado de errar

Olá,

eu tenho mais de vinte anos, e estou com a cabeça bem cheia ultimamente. Pra ser bem direto, eu quero parar de beber. Toda vez que eu bebo eu deixo minha namorada, minha família e pessoas que se importam comigo, preocupadas e tristes. Além disso, mesmo sendo novo, eu estou com problemas de estômago.

Se eu já tentei parar de beber antes? Sim, já. Mas eu não consegui. A tentação era muito grande, e pra falar a verdade, eu achei que era besteira, então sempre deixava pra lá. O fato é, eu estou cansado de praticamente todas as vezes que eu bebo ficar sempre machucando os sentimentos de alguém. Porque eu desapareço, as vezes não durmo em casa, ajo impulsivamente, e coisas essas que bêbados fazem.

Além do mais, eu sempre falo coisas que não devia falar, o que me deixa com um peso na consciência enorme no outro dia. Eu simplesmente estou cansado disso, cansado de verdade, eu quero parar de me sentir dessa forma. Não quero que isso só seja um arrependimento momentâneo e continuar errando futuramente. Eu não quero me submeter mais a isso!

Muito obrigado a todos que tiveram a paciência de ler. O simples fato de escrever isso aqui já é bastante reconfortante.

Continuar Lendo

ShyTuga

Nunca tive uma namorada, nem beijei ninguém...

Olá tenho 17 anos (quase 18) e nunca tive uma namorada e nem sequer dei um beijo a alguma rapariga. Sempre fui tímido com as raparigas mas sempre pensei que essa timidez fosse desaparecer com o passar dos anos, mas isso não aconteceu e eu continuo sem coragem de me aproximar de raparigas. Sinto-me mal, falta-me alguém, alguém que me complete, mas sei que se continuar assim nunca vou encontrar ninguém … Ajudem-me!!!

Continuar Lendo

ali

um amor lindo que nem se quer existiu

tem um garoto que eu conheci no início do ano na minha escola, eu era/sou completamente apaixonada, nós brigávamos muito, mas logo após falávamos normalmente.
o ano acabou e aconteceu o que a eu esperava: nos beijamos.
esses dias eu estava conversando com a garota que era muito amiga dos 2 ai todo mundo tocou no assunto das nossas brigas e eu falei brincando "aquele p*rra me amava" todo mundo riu mas depois a garota veio me falar "sim ele realmente te amava, ele me falou"
nos moramos relativamente perto, mas é um problema ir perto de onde ele mora.
o que eu faço?

Continuar Lendo

Anônimo VJ.

Sofrendo por gostar demais.

Então, tenho 15 anos, e desde o ano passado, uma menina na minha sala chama a minha atenção, ela é linda, legal, inteligente e tudo. Já pedi uma vez pra ficar com ela, mas ela me disse que no momento, não queria ficar com ninguém. Dali 1 mês ela ficou com um amigo meu, a minha sorte é que eu não vi isso por não estar mais indo para a escola, mas mesmo assim morri de ciúmes. Este ano, ela começou a namorar um amigo meu novo na sala, mas ele é muito infantil e ela já está cansando dele, mas, nisso, ela já está um pouco o afim de outro, também amigo meu. Ela puxa muito assunto com ele, e etc. Mas, mesmo sabendo que eu gosto dela, ela parece não se importar nem um pouco comigo, às vezes quando puxo assunto, ela sai fora, disfarça e etc. Ela me cumprimenta normal, mas não sei se ela não quer me dar falsas esperanças, ou não gosta de min mesmo. às vezes ela conversa normal, outras não.
Já tentei esquecer ela, mas gosto muito dela, sempre que a vejo com outro menino, eu fico com muito ciúmes, e quando descobri que ela estava namorando e a vi beijar o menino, fiquei bem triste, cheguei a perder o apetite durante o dia todo. Sempre tive um psicológico muito forte, mas ela está mexendo comigo de um jeito que eu não sei o que se passa, ela me afeta muito fácil. Não consigo esquecê-la de jeito nenhum. Alguém pode me ajudar?
A única pessoa que eu confio pra contar coisas assim, me diz todos os dias que eu amo essa garota, mas eu considero "amar" u...

Continuar Lendo

Anonimo(a)

Tem algum problema nisso?

Eu desenho desde a barriga da minha mãe... Aliás foi ela quem me ensinou... Mas sinto que ainda tenho que me aprimorar...
Comecei a fazer retratos de alguns amigos e agora virou uma bola de neve. Não sei de onde surgiram, mas tem um monte de gente me pedindo desenho... Todos querem que eu cobre pelo serviço, mas eu não consigo, eu faço por diversão não por dinheiro... Eu não me sinto a vontade cobrando, porém meus pais e alguns alguns amigos dizem que eu deveria. Eu quero cobrar sim, mas somente quando os desenhos ficarem realmente bons. Sou Muito crítico(a) quanto a isso...

Continuar Lendo