Voltar
amor.com

Algo sem sentindo

As vezes acho que o amor não existe que as pessoa não são de verdade , que os sentimentos são complicados demais para nós indentificar . Amar uma pessoa , se acomodar com o jeito de ser do outro parece algo muito longe da realidade , as vezes me pergunto será que alguém realmente não sabe viver sem o carinho o afeto do outro ? Minha maior duvida e acho que de todo mundo é se existe o amor da nossa vida a nossa alma gemea e talvez exista sim , mais nunca saberemos. Nós seres humanos gostamos de algo desafiador algo que tem ar de impossivel , fazemos coisas que não tem nenhum tipo de noção as vezes fugimos por medo , por medo de não ser a pessoa certa , ideal para o outro , o medo corroi e sei la a sensação de gostar de alguem e isso for um sentimento "proibido" é bom, pq parece valer a pena, vê a pessoa não importa o tempo que ficaram sem se falar e de se ve e ela continuar ser algo especial para você é um sentimento desisperador , algo medrontoso não sabemos o que fazer , o que estamos sentindo e achamos que somos bobos , e de fato somos . Se voce tem alguem que voce nunca soube qual o fim foi por que voce ou ela nao tiveram coragem de assumir algo naquela epoca e prefiram fugir um do outro, e talvez só talvez estavam certos . Mas essa sensação de pensar que nunca vai superar e dificil por que voce pode esta na companhia de uma outra pessoa mais sempre pensando nele , sempre pensando podia ser ele aqui . Deus sempre tem o melhor para nós e des de pequena sei que nada nesse mundo vem facil e talvez o amor seja isso , passamos por varias turbolenças e no final tudo fica bem . O amor aquela sentimento que chega a queimar , que ficamos afobados , ficamos com medo , e nunca temos a certeza do que esta acontecendo . Fazer com que a pessoa permaneça na sua vida é dificil mais nunca é sua obrigação por que so o que voces sentem que tem toda responsabilidade

2 Respostas
  • Lindo seu texto.
    Concordo com tudo, é muito complicado, e por isso, não tenho “maturidade” nenhuma para amar um rapaz.

  • Ah, amor é abstrato. Ele existe como é construído na nossa concepção, em parte pelo que absorvemos da cultura e etc. Por cultura me refiro em boa parte aquilo que é difundido por grandes produções Hollywoodianas hoje em dia. Poesias, em menor escala. Tragédias teatrais desde a Grécia antiga...
    Esse furor que você descreveu é desencadeado por um gatilho químico de acasalamento que, quando pressionado, dispara doses cavalares de ocitocina (principalmente), dopamina, endorfina, adrenalina... Nessa definição amor se enquadra a um desequilíbrio hormonal.
    Conceitualmente, podemos agregar um conjunto de valores e dizer que quando estes estão contemplados numa relação então há amor. Fidelidade, companheirismo, força conjunta, vontade de potência, amparo, sexo, etc...
    Mas claro, mergulhar profundo e esmiuçar seus significados é algo que cria um filtro muuuuito fino e torna bastante improvável a compatibilidade. Daí a galera fica mais no superficial: padrão de beleza, classe social, como se veste, enfim, a que tribo pertence... E isso não é melhor nem pior que a minha concepção, apenas diferente.

  • Dica: Para mencionar um usuário neste post utilize @NomeUsuario (sem espaços)
    Faça login ou crie uma conta para comentar
PUBLICIDADE