Voltar

desabafo ?

Sou uma pessoa avoada, uma pessoa indecisa mas ao mesmo orgulhosa e egocêntrica. Nunca fui alguém normal, sempre gostava de fazer coisas estranhas e falar coisas que faziam sentido apenas para mim.
Mas isso não significava que era isolada ou antissocial, eu amava pessoas, adorava chamar atenção e ser elogiada por todos. Mas meus defeitos me deram inúmeras paredes, fui odiada por todos e fiquei sozinha. Não aguentava, não aguento, tenho medo dessa solidão porém não é como se alguém fosse entender.
Minha mãe nunca foi padrão da sociedade, ela claro era prestativa, saúde e educação mas uns momentos era nojenta. Ela bebada falava tópicos de suicidio e até mesmo tocava em minhas partes íntimas ou meus peitos. Me sinto horrível, porque ela faz isso? Sempre peço para parar mas nunca adianta.
Meu pai também não é melhor, sempre brigando com minha mãe, egoísta, pão duro e sem sentido.
Me odeio, odeio tudo. Finalmente quando descobri algo que me confortava de todos meus pesadelos obviamente ninguém aceitou. Todos acham que uso celular apenas por ser adolescente mas não, eu amava ele por simples fato de ser o único objeto que eu conseguia esquecer de todas as desgraças.
Não sei mais o que fazer, a máscara que uso sempre caí, com meu distúrbio de personalidade borderline é extremamente difícil segurar minha raiva além de me achar insuportável por não ter uma opinião única.
Quero gritar, quero chorar, quero que alguém me conforte, porque não consigo ter ninguém? A única pessoa que gostei se foi, me odeia e não liga ou melhor nunca ligou para mim.
Sou idiota, todo esse ódio apenas destorce meu coração. Uns momentos porque penso em matar alguém por vingança? Realmente não aguento mais, provavelmente seria melhor me suicidar. O que adianta respirar sem nenhum objetivo?
Não entendo meus sentimentos, não entendo nada. Apenas quero morrer e nunca mais tocar nesse mundo, apenas quero ficar em paz.

2 Respostas
  • Olha só, eu conheço pessoas que convivem com esse transtorno e sei como não é fácil.Já faz terapia? Se sim, por favor, não deixe de fazer. Conte realmente como se sente e não deixe nada para trás.

  • oi, tudo bem? não, vc não está bem. Eu gostaria muito de ser esse pontinho de paz que vc tanto almeja, porque sei o quanto dói, e te falar a melhor sensação do mundo é ter alguém para vc deitar no colo ou abraçar e chorar e ela te dar carinho mesmo não tendo nadinha para falar, só o estar. é complicado fazer uma terapia tendo a sua família, eles provavelmente não farão isso por ti, vc tem algum emprego?

  • Dica: Para mencionar um usuário neste post utilize @NomeUsuario (sem espaços)
    Faça login ou crie uma conta para comentar
PUBLICIDADE