Voltar
Anakin

Será que sou um cara escroto?

Faz alguns anos que moro longe dos meus pais, tipo mais de 1.000km longe do tipo que tem que planejar a viagem pra ir se ver. Dito isso, a última vez que vi meus pais foi em março de 2020, era pra ficar 15 dias mas fiquei várias semanas por causa da pandemia e o Estado que tinha fechado todas as rodoviárias e aeroportos, mas voltei pra casa e segue a vida, agora esse mês eu recebi alguns dias de férias e resolvi ir ver meus pais, já que nesse meio tempo eles mudaram de Estado, meu pai sofreu acidente grave e teve que fazer cirurgia e nunca deu pra eu ir ver eles, então peguei meus dias de folga e vir pra casa da minha tia onde meus pais estavam. Até aí tudo normal, o problema é que não faz nem 6 dias que estou aqui e já estou angustiado querendo voltar pra casa, areal é que eu me acho um cara muito escroto em certos aspectos, como nessa situação, eu estava ancioso pra viajar e tals, mas estou na casa da minha tia junto com meus pais e eu estou já cheio de vontade voltar pra casa, amo meus pais mas não consigo ficar muitos dias com eles.

Tá certo que meus pais não colaboram, são quem mais me criticam, julgam e diz coisas pesadas as vezes, ficam me comparando com meu primo, "seu primo já está na faculdade (particular)" eu entrei em uma universidade federal e mantenho boas notas e meus pais "ainda bem que tire boas notas, você está na faculdade é pra estudar mesmo, se fosse pra tirar notas baixas não iria deixar ficar aí perdendo tempo", meu primo se casou "olha aí, seu primo casou, já tem uma filha, e você? Vai casar não? Vai morrer sozinho?", enfim, esse tipo de coisa, já deu pra entender, mas são meus pais, em teoria eu deveria relevar qualquer coisa é amar passar todo o meu tempo com eles, por causa disso quando começo a pensar nessas coisas, começo a me questionar se eu amo mesmo meus pais ou não, porque nunca fico mais de uma semana junto com eles sendo realmente feliz, sempre algo me irrita, entristece ou simplesmente quero voltar pra casa. Meus pais não sabem mas tenho uma união estável já a uns anos, já pensei em falar pra eles mas eles nem ao menos sabem onde moro, então pra que perder tempo falando so pra criticarem o fato de não estar casado formalmente. Vou ser bem sincero, gosto de saber que meus pais estão bem, mas não gosto muito de ficar conversando e mantendo contato com eles, e me acho escroto por isso, tipo, todo mundo que eu conheço tem uma relação boa com os pais, brincam, riem e ficam as vezes horas no telefone conversando, as conversas no whatsapp entre eu e meus pais nunca tem mais do que 3 ou 4 frases.

Poxa, se eu digo que amo meus pais, porque não consigo ter uma boa relação com eles? Eles dizem que gostam quendo venho visitar eles, percebo principalmente no meu pai que ele fica feliz quando estou aqui, o que me deixa com um tremendo sentimento de culpa, porque eu tenho sim momentos bons e agradáveis mas no final do dia sempre vou estar com aquela vontade de voltar pra casa, aquela falta de ânimo pra center no sofá e ver algo na tv com eles. Já pensei se não foi o jeito que fui criado, porque até os meus 12 anos, meu pai trabalhava como gerente geral de uma série de fazendas, então me mudava muito porque ele tinha que ficar tempos em tempos em cada fazenda, as vezes até 5 vezes ao ano a gente se mudava, em certos períodos do ano tipo meses eu só via meu pai no domingo, porque os outros dias eu acordava e ele já tinha saído, eu ia dormir e ele não tinha voltado, em compensação, meu quarto era repleto de brinquedos, porque todo domingo ele me dava algo, depois de grande por um tempo logo quando comecei a morar sozinho eles me sustentavam, a relação era igual, quase nenhuma conversa, minha mãe por exemplo costuma me mandar mensagem apenas pra perguntar quanto de dinheiro eu precisava, isso parece coisa de quem tem muito dinheiro, mas não, minha família atualmente quase não tem dinheiro, enfim, eu falava quanto precisava e perguntava como ela estava e tudo mais e normalmente ela me respondia só horas depois ou as vezes nem me respondia, mas o dinheiro estava sempre na conta todo mês. Não sei se esse jeito afastado e me agradando com brinquedos e dinheiro que me fez não ter proximidade com eles, sei lá, mas eu entendo que esse era e sempre foi o jeito deles mostrarem que gosta de mim, a muitos anos eu não dependo de nada deles, mas ainda assim eles mandam dinheiro as vezes, mesmo eu falando que não preciso e tudo mais, mesmo se eu estiver precisando, eu falo que não preciso.

Affz sei lá, isso está tão grande que nem sei se está tendo nexo as coisas que estou escrevendo, eu estou só pondo pra fora tudo que estou pensando agora, vou encerrar aqui porque pelo ritmo que está indo, se deixar eu varo a noite escrevendo aqui, entoa é isso, sou escroto, porque o pessoal fala que eu sou sorridente, alegre, que conversa muito principalmente quando estou animada, mas quando estou com meus pais eu raramente converso, as vezes passo o dia inteiro falando apenas coisas simples como comprimento e agradecimento.

2 Respostas
  • Olha, eu passo pela mesma situação e ultimamente eu tenho pensado que não só pq é "família", parente, que temos que dar moral, dê moral pra quem te dá moral.
    É complicado, pq a gente não espera que aconteça isso vindo de quem nos pôs pro mundo e nos criou, mas a real é que: ame quem te ama, dê valor pra quem te dá valor, só assim vc vai ser feliz e não se preocupe com o que os outros vão pensar.

  • removido pelo dono do post

  • Dica: Para mencionar um usuário neste post utilize @NomeUsuario (sem espaços)
    Faça login ou crie uma conta para comentar
PUBLICIDADE