Voltar
OcamaruBRES

Sou cristão e vejo pornografia com frequência!

Podem até me dizer que sou um impostor,mas eu passei por todo o processo de batismo,até desci nas águas.As únicas coisas que não fiz foram nascer em um lar cristão(só fui a uma igreja batista quando tinha entre 4 e 8 anos) e não peguei o cálice de madeira que eles dão para quem participa da celebração da ceia do Senhor pela primeira vez e até hoje não fiz isso porque nunca falei com ninguém de onde venho ou alguém de outra igreja.

Mas vou admitir que se minha mãe não tivesse me convencido a batizar,eu até hoje continuaria sem ser membro de igreja nenhuma,por causa da intimidade que tenho no meu quarto.
Tenho 35 anos(vou fazer 36 em Setembro) e vejo pornografia desde os 14 anos.E me masturbei pela primeira vez aos 17.
Mas eu nunca fui de comprar Playboy ou qualquer outra revista adulta.O máximo que fiz foi mexer nas coisas no meu pai e encontrei uma revista adulta.E como sempre fui curioso,eu pesquisei algumas palavras que nunca foram do meu costume falar para outras pessoas(homens,mulheres,etc...).

Eu tinha Internet discada na época,e tinha os seus limites.Quando a conexão não ficava caindo,eu experimentei procurar por algumas palavras e termos.E fiquei chocado com a lista enorme de sites sobre o assunto.E tive um trauma na adolescência que um colega de escola me chamou para a casa dele para fazer trabalho de Geografia.Eu só pensava em fazer o trabalho e o resto que se dane.Mas o cara simplesmente ficou me mostrando revistas adultas e eu evitava ficar distante,e não tinha nenhuma autoridade para impedi-lo lá na casa dele.Para piorar,o cara me mostra um canal de TV a cabo pornô.Aquilo me traumatizou por muito tempo e tudo que eu queria era sumir dali.Mas tive que esperar pacientemente até a minha mãe me buscar.Eu morava em um bairro distante de onde eu estudava.

E para a maior ironia, a mesma coisa que me traumatizou foi a mesma coisa que me faria conhecesse esse universo obscuro que é pornografia.Eu sonhava em ter um harém.Mas como eu tornaria isso realidade se até para fazer amizade eu era um zero a esquerda.Eu ainda não sabia que tinha síndrome de asperger.Só fui descobrir aos 28 anos.No meu caso,era impossível ter uma vida social quando eu era menor de idade,por eu sempre ter sido pavio curto e usar da violência para fazer os outros se calarem e sentirem medo de mim e me respeitassem pela minha força física,o que nunca acontecia.

E eu achei que se me batizasse iria automaticamente largar esse hábito.Mas não foi fácil assim.Vejo até hoje.Mesmo que eu fique dias ou semanas,eu tenho recaída e vejo de novo.

Ultimamente por causa da pandemia,tenho assistido aos cultos online,como foi ontem por exemplo.Mas ao mesmo tempo que acompanhava o culto e as mensagens,eu fiquei assistindo no Youtube vários tipos de animais(exceto humanos) acasalando.Mas era um negócio sem censura e com ângulos que nenhum canal de vida selvagem ou dos demais animais mostrava.E era no Youtube mesmo como se fosse com humanos mesmo.E o pior,eu fiquei interessado e "excitado" vendo animais da mesma espécie se cruzando(esse lance dos animais eu vi recentemente,não era o que eu assistia no passado).

Mas faço essas coisas apenas no meu quarto.Fora dele não vejo nada disso.
11 Respostas
  • removido por estar em desacordo com os termos de uso

  • @Anonima
    É muito fácil falar isso sem ter lido tudo o que mostrei.Porque se tivesse lido tudo saberia o que eu quis dizer.

  • @OcamaruBRES se e evangélico, vai para o inferno, se e cristal.. Deus conhece seu coração! eu li, só ano te dei a resposta que você queria.

  • respondi no privado amigo

  • Perae, perae @Anonima , vai bagunçar a cabeça do irmão e o último problema da história é a questão da masturbação ou de ver materiais inadequados. Ele caiu na armadilha das religiões: tornar o sexo um perigo, ou um inimigo do progresso.

    Isso de ver animal acasalando é oriundo da repressão que você fez aos impulsos sexuais. Impulso esse que é natural e potente a ponto de tirar o juízo da gente, assim, é preciso esclarecimento quanto a essa área, coisa que a religião dificilmente ensina bem.
    Ela pode até tentar dar um sentido à maneira como você tem sua vida sexual, mas são poucos os lugares que nos permitem uma liberdade sexual sadia.

    Aliás, em relação ao início do texto, ninguém aqui vai te chamar de impostor, ninguém tem culhão pra isso.
    Batizar-se não é sinônimo de extinguir seus impulsos sexuais, meu amigo. Batismo não tem esse propósito. Batismo, por si só, não muda nada na vida de ninguém a nao ser que você compreenda e internalize tudo o que a sua religião quer te ensinar.
    É preciso entender que as forças sexuais que fazem parte de você são também sagradas mas precisa de compreensão, lucidez e maturidade quanto a elas. Esta é uma força criadora e está em TUDO NA NATUREZA, querer eximir-se disso não tem como. O que é o problema aí é a sua visão precária do que te acontece, coisa que você não procurou compreender por medo de uma possível repressão de Deus. Em verdade, Ele, como criador de todo esse sistema de vida, quer que nós aprendamos com as forças sexuais e visualizemos o potencial que ela tem para nos conectar com o sagrado e o melhor de nós, não o pior!
    A grande diversidade de desequilíbrios sexuais não tem a força sexual como responsável mas a mente humana! E é aí o cerne do problema, o resto todo que te acontece é fruto dessa raiz ruim que foi implantada em você a partir do seu entendimento sobre o assunto.
    Esse é um bom momento para procurar entender, de verdade, o que é o sexo e a sexualidade. Quando conhecer a verdade, ela vai te libertar dessa alienação.

    Fique mais em paz e não pegue pesado consigo, peça que Deus te ilumine nos caminhos do autoconhecimento e dessa esfera de poder que se chama SEXO (que não se resume ao ato sexual, mas a muito na natureza)

  • @1de7Bilhões ninguém tem direito de julgar lo, tal pouco você... e evangélicos são críticos e nunca ajudam o próximo, tudo é pecado a menos que lhes convém, segundo seus " mandamentos" e "vontade de Deus" e sem amor, e só religião... agr o verdadeiro amor de Deus, o verdadeiro Deus conheço o coração dele, e sabe, e se ele quiser tiver fé, e trabalhar isso, e conseguir se livra, ele consegue!

  • Fatão @Anonima
    concordo com tudo,
    Aliás, não TE julguei, só a maneira como escreveu que não transpareceu seu posicionamento
    tamo junto

  • Cara, a vida com Deus é um processo, não existe isso de se batizar e as coisas sumirem. Te aconselho e buscar vídeos e seguir pessoas do meio evangélico que eles irão te orientar(Alessandro VilasBoas, Bruna VilasBoas, PkFelix, André Fernandes, Luca Martini e etc) Tem o @jpmaia no Instagram que tem um destaque sobre isso. Muitos de nós passamos por isso porque a carne não se conevence, por isso precisamos cada vez mais de Deus. Não vai ser fácil, mas com a graça de Deus até o impossível acontece. Espero que encontre a paz.

  • @1de7Bilhões não tenho um posicionamento, se não for para ajudar, não tenho opinião, e não me intrometo.

  • Aliás eu sou católico,mas vejo mesmo você sendo cristão,você não precisa ser perfeito sempre e falar que tal coisa e pecado sabendo que você também peca,é só uma grande hipocrisia,só quem pode realmente nos julgar é Deus quando morremos ou em vida mesmo,não sei.
    Mas somos feitos de erros e acertos,assim é a vida

  • Cara o meu pensamento é o seguinte,você pode ser cristão,judeu,ateu qualquer coisa,você é um ser humano como todos nós,você pode fazer o certo que poucos vai notar,mas quando você cometeu um mísero errinho você já é julgado com todo tipo de coisa,e eu pra ser sincero não pre impressionei com você gostar de ver pornografia,e daí? Você não é perfeito,eu também não sou,mas se você acha isso ruim de verdade você pode tenta reduzir isso suprimindo seus desejos,quando você estiver com vontade de ver algum conteúdo assim,se distraia e faça outras coisas,qualquer coisa basta só pra você ir se acostumando e não ser controlado por essa vontade de ver pornografia

  • Dica: Para mencionar um usuário neste post utilize @NomeUsuario (sem espaços)
    Faça login ou crie uma conta para comentar
PUBLICIDADE