Voltar
Eu

Sou eu ?

Não quero revelar o nome e nem a idade, obrigada pela compreensão.
No ano de 2019 passei por muitas mudanças físicas e mentais, eu tive depressão, emagreci devido não querer comer nada ou beber alguma coisa, minha família é muito preconceituosa com o peso das pessoas, naquela época eu estava magra e doente..mas eles me achavam tão linda..porém por dentro de tantos elogios eu gritava tanto, chorava todas as noites e todos os dias, só queria que a dor saísse em uma das minhas inúmeras lágrimas. Hoje tenho ''sequelas'' ''marcas'' de tudo oque aconteceu, não externamente e sim internamente. Infelizmente com a perda de peso eu ganhei estrias, e com a virada do ano pandêmico eu voltei a engordar e ganhar mais estrias..vieram muitos comentários em cima de mim, ''enorme'', ''gigante'', ''obesa'', ''ridícula'' , '' emagrece que você vai ficar bonita de novo'',dói. Tenho aguentando tanto tempo calada e sofrendo em silêncio e por mais que algumas pessoas me digam que oque eles falam não vale de nada eu ainda me sinto um lixo, sinto que não sou nada, sinto que minha aparência desapareceu em 2019. Não consigo me olhar no espelho mais, não consigo ver pontos positivos em mim. Queria que essa dor acabasse, mas acho que nunca vai acabar, me sinto um lixo a 2 anos seguidos e não sei oque fazer. Eu odeio tudo em mim, dos pés a cabeça, e acho que não há nada que vá me fazer mudar de ideia ou sei lá, alguma coisa. Eu só queria me amar, só queria ter ''nascido'' ''crescido'' diferente.
2 Respostas
  • @Eu oque você precisa não é da aprovação dos outros e sim fazer aquilo que você acha melhor para si. Seu problema é com baixa autoestima, mas a beleza é algo subjetivo e a vida é feita de fases, seja elas ruim e boa, nenhuma tempestade dura pra sempre, e enquanto ela permanecer a gente tem que procurar amadurecer.

  • Não lhe parece questionável o fato de você ter que transformar em verdade esse pouco que te disseram?
    Sua autoestima existe e você justificou ela dentro de si a partir do que os outros disseram e esse material é precário demais. É pouco demais isso que te ofereceram. Não nutre. Você tem fome é de você, de conceitos de você afirmando o que presta e não o que não presta.
    Pense: se você fosse totalmente paparicada, todo mundo te elogiando, você toda perfeita esteticamente, ainda ia ser precária pq ia viver em função de estética e em prol dos outros e não de si. Ou seja, se fosse o contrário podia ser até pior.

    Ou você solta a mão dos outros e dá a mão para si, ou vai continuar dando uma responsabilidade para eles que não podem lidar: o rumo do seu interior.
    E aí, vai ficar alheia a tudo que disserem ou vai começar, dia a dia, passo a passo, a construir sua autoestima?
    Cuide-se, coma melhor, faça um esporte, medite, qualifique-se com o hábito da leitura, das disciplinas mentais, interesse-se por uma área de conhecimento específico que envolva seus interesses, vista-se melhor enfim, são caminhos.
    E a pergunta que fica é: vai estar disposta a entrar no caminho do autocuidado ? Se não, vai permanecer nessa dor aí. Está doendo pq não é assim que tem que ser e seu interior não concorda, seja aliada dele, não inimiga.

  • Dica: Para mencionar um usuário neste post utilize @NomeUsuario (sem espaços)
    Faça login ou crie uma conta para comentar
PUBLICIDADE